Puerto Vallarta: cenário de filme encanta pela história, glamour e natureza paradisíaca

Fotos: Divulgação
Destino de casais e famílias, balneário no Pacífico Mexicano proporciona experiência gastronômica, cultural e contato com rica fauna marinha. Em um século, região passou de entreposto comercial a destino turístico

Se você ganhasse uma viagem ao México, qual parte do país você desbravaria?  Se no seu imaginário apareceu Cancún ou a capital mexicana, está na hora de fazer novas descobertas! Use o espírito explorador, fuja do senso comum e do turismo convencional, porque o verdadeiro cenário paradisíaco, quase intocado por olhos humanos, está à espera dos viajantes em outros mares. Na parte oeste deste país, que recebe as águas do Oceano Pacífico, está o destino de Puerto Vallarta.
Situada na faixa litorânea entre os estados de Nayarit e Jalisco, a encantadora cidade, em crescente expansão turística, armazena um relicário de histórias sobre seu nascimento e desenvolvimento, servindo até de cenário romântico para um dos mais famosos casais de Hollywood.  
 Fundada em meados do século 19, sob o nome Las Peñas, este balneário surgiu a partir do interesse das cidades montanhescas em criar um porto na Baía de Banderas, onde pudessem escoar o sal das suas minas e promover a troca comercial com mercados nacionais e internacionais. Rapidamente, em face de sua benéfica localização geográfica, o local se desenvolveu, transformando-se em um centro de recepção e distribuição de bens de consumo. Neste período, a região também foi muito apreciada pela indústria têxtil inglesa em razão do abundante recurso natural disponível: óleo de coco, pérolas, madeiras e corantes extraídos da vegetação local.
 Quando a produção mineira perdeu espaço para fornecedores internacionais, houve, no intervalo entre 1900 e 1918, uma migração massiva de pessoas para Puerto Vallarta, que passou a ganhar uma dinâmica econômica diferente, baseada na agricultura e pecuária. É neste momento que a região foi elevada oficialmente à condição de município. A partir daí, começam a florescer indústrias –especialmente a de tabaco – e atividades como a pesca, que mais tarde abraçariam a função de prover suprimentos para exércitos na 2ª Guerra Mundial. Após o conflito bélico, na década de 50, o governador na época percebeu o potencial local e tratou derealizar investimentos em políticas públicas e projetos de infraestrutura turística no antigo vilarejo.
 

Amor em cena

 O resultado dessas transformações revelou-se extremamente eficiente e trouxe charme e glamour à cidade, na década de 60, ao receber a visita de ilustres famosos da cena cultural norte-americana. Reza a lenda que Elizabeth Taylor e Richard Burton estavam à procura de um lugar para descansar quando resolveram tirar uns dias de férias no México. A convite de um amigo, o casal, que estava em Guadalajara, resolveu conhecer Puerto Vallarta a bordo de um jipe. Daquele momento em diante, o destino virou o refúgio do casal, que decidiu adquirir uma casa na região central, e tornou-se até locação do clássico filme A Noite do Iguana, protagonizado pela dupla.

Moderna “Velha Vallarta” 
 
Paróquia destaca-se pelo barulho inconfundível das badalas de seu sino

Com cerca de 40 quilômetros de orla formada por afloramentos rochosos e areias brancas, Puerto Vallarta apresenta regiões bem divididas. Uma parte é ocupada pelos hotéis e resorts, onde ficam os viajantes; além da zona central, com construções baixas que se estendem até os morros de Serra Madre e conservam o encanto colonial. Apesar de moderno, o centro tentou manter intacta parte de sua estrutura. As autoridades municipais, por exemplo, impõem às casas pinturas na cor branca e cuidados arquitetônicos. Prova disso são as ruas empedradas, tetos de telha vermelha e alguns detalhes elaborados em ferro forjado.
 A bela arquitetura inspira uma vasta programação de lazer, com atividades ao ar livre e opções noturnas para a família e para os casais, em meio a monumentos históricos como a pitoresca igreja de Nossa Senhora de Guadalupe. Construída em 1903, a paróquia da padroeira dos mexicanos surge em uma pequena rua do centro histórico, com linda vista para as águas cristalinas do mar. A atenção do visitante divide-se entre a tranquilidade, os detalhes em dourados e o sino que toca um som inconfundível para os habitantes locais. A cada 30 ou 15 minutos antes de uma missa, é possível ouvir suas badaladas. Registro fotográfico obrigatório, a igreja fica aberta diariamente. Visitas guiadas em inglês podem ser feitas aos sábados, e missas em espanhol e inglês acontecem todo domingo, às 10h.   

Hospitalidade de excelência
Complexos de alto padrão e 22 mil apartamentos à disposição 



A cidade tem atualmente mais de 300 mil habitantes, mas este número pode dobrar em razão da visita de turistas durante a alta temporada do ano. E a julgar por fatores como a excelência da hotelaria local e o fim da obrigatoriedade de visto para o México, o destino representa um atrativo e tanto para brasileiros.
 O balneário dispõe de cerca de 22 mil apartamentos de hotéis de alto padrão, ideais tanto para casais como para famílias. Para isso, oferecem quartos bem equipados, spas para adultos, clube de golfe, equipes de monitores infantis, além de ótimas piscinas com bares e traslados até o aeroporto. Os empreendimentos contemplam em suas programações atividades como city tours, imersão em spas de primeira classe, cursos profissionais de golfe, entretenimento e passeios pelo exótico centro da cidade.

 

Malecón
Malecón oferece contato com obras de arte, artistas, iguarias e uma bela vista para o mar

Antes de começar a bater perna, é aconselhável adquirir um mapa para se localizar ao longo da costa. Monte a sua programação e não se esqueça de incluir o passeio pelo calçadão de Malecón. A caminhada por essa via de mais de 1,6 km de extensão é uma ótima opção para vivenciar o clima do lugar, especialmente à noite. Recém-reformada e repleta de palmeiras, a orla de Puerto Vallarta revela diversas atrações como a arquitetura e marcos de pedra, em frente ao Mar de Plaza Morelos, esculturas de areia, obras de arte indígenas e contemporâneas e artistas de rua.
 Prepare-se para se surpreender com a sublime vista do por do sol e com as performances de músicos, que fazem suas apresentações folclóricas ao vivo. Vale a pena também se programar e levar uma quantia de dinheiro maior para se esbaldar nos outlets de roupas, jóias e artigos de couro.
 O passeio pela orla é um verdadeiro convite para experimentar guloseimas, como o tejuino gelado, uma bebida feita com massa de milho fermentado ou até saborear um delicioso espetinho de peixe grelhado. Outro drinque recomendado é o tuba, uma bebida alcoólica à base de água de coco, que pode levar nozes e maçã no preparo.

Paisagem: praias, vegetação exótica e intensa vida marinha

Por não ser completamente concebida para se tornar um polo turístico como Acapulco e Cancún, a região guarda grandes porções de terras intocáveis, isoladas e ricas em fauna e flora. Uma das alternativas para desbravar esta região tropical do México é conhecer o jardim botânico, uma área de conservação ambiental dedicada aos pés de agave azul, planta utilizada na produção de tequila, além das orquídeas de baunilha. 
Quem visita Puerto Vallarta pode ter a certeza de que encontrará as mais belas praias do continente. São águas calmas e transparentes, de coloração azul esverdeada, com temperatura morna. As mais preferidas pelos turistas normalmente são a Praia do Ouro, do Sol, das Palmas, dos Tules e Praia dos Mortos. Para aqueles que desejam uma área mais isolada, as boas pedidas são as praias de Mismaloya e Boca de Tomatlán.
Assim como outras mais, a Playa Los Muertos (Praia dos Mortos) destaca-se pela prática de esportes, entre os quais windsurfe, jet-ski, snorkel, passeio de paraquedas puxados por lanchas e mergulho. Outra praia bem refrescante é a de Bucerías, ideal para a prática da pesca, natação e jantar à beira-mar.

Praias com águas propícias à exploração marinha

Com a chegada das maiores correntes marítimas do continente, o ecossistema é bastante enriquecido, abrigando espécies de peixes, tartarugas, golfinhos e baleias que normalmente não convivem entre si em nenhum lugar do planeta. Baleias jubarte, assim como de outras espécies, chegam às águas do Pacífico Mexicano para dar à luz aos seus filhotes entre os meses de novembro e abril. E quem estiver por lá poderá conferir esse momento inesquecível.

Baleias Jubartes procuram águas quentes da região para procriação​

A dica para os mais aventureiros é aproveitar outras modalidades como tirolesa, hipismo ou então viver a experiência de nadar e levar os filhos para brincar com os golfinhos, acompanhados de instrutores. Há também passeios de barco, que saem para Majahuitas e Yelapa, lugares com cachoeiras e exclusivas praias para prática do snorkel.

Vida noturna e gastronomia cosmopolita
Chefs utilizam especiarias locais para produzir pratos típicos com influências externas

As noites são intensamente agitadas em certos pontos da cidade, como no calçadão. Bares combinam o exagero colorido mexicano com boates que funcionam até o sol nascer. Mas se não quiser se jogar na noite, caminhe pelo calçadão e sinta-se tentado a entrar em estabelecimentos de portas abertas, sem nenhum isolamento acústico, que dão as boas-vindas para uma experiência gastronômica e etílica inusitada.
 
A diversidade do cardápio local é ampla e convida a todos a experimentarem as iguarias regionais. Destacam-se também os cafés europeus e a sofisticada culinária francesa, espalhados pelo centro da cidade. Alguns dos mais populares estabelecimentos sãoNo Way Jose!, Casa Isabel, Madison South, que oferecem pratos por menos de US$ 20.
 

Mas quem vai a Puerto Vallarta não pode deixar de apreciar um restaurante extremamente peculiar: o La Leche. Com uma arquitetura bem moderna, o estabelecimento impressiona os turistas por ser pintado inteiramente na cor branca, assemelhando-se a uma tela de quadro sem preenchimento. Além da parte externa, toda a mobília e decoração são brancas para proporcionar uma “experiência culinária emocional”. Quem comanda a casa é o chef Alfonso Cadena, que viveu a infância na região e utilizou sua relação com o mar para inspirá-lo na criação de pratos refinados, que passeiam por influências francesas e orientais. 
 Diversidade
 O balneário é, de fato, um lugarejo fascinante por abrigar estilos de vida totalmente diversificados. O reconhecimento não se dá somente pela amável recepção dos moradores locais com os visitantes, mas também pelo ambiente agradável e grande oferta de serviços turísticos e de entretenimento.  
 Riviera Nayarit
 A cerca de dez minutos do Aeroporto Internacional de Puerto Vallarta, os viajantes podem adentrar um outro paraíso chamado Riviera Nayarit. O destino abrange 308 quilômetros da costa do Pacífico, emoldurados pelas majestosas montanhas da Sierra Madre. A região estende-se ao longo de toda a costa do Pacífico do Estado de Nayarit, incluindo os resorts de Nuevo Vallarta, hotéis-butique de ecoturismo e agradáveis hostels no estilo bed andbreakfast (B&B), além da histórica cidade colonial de San Blas, a exclusiva Punta Mita, pitorescas aldeias de pescadores e a espetacular Baía de Banderas. Oferece uma diversidade de atividades esportivas, como o golfe em conceituados campos com o rótulo PGA, canopy, pesca e surfe. Disponibiliza ainda atividades como a observação de baleias e de aves, além da liberação de tartarugas. Spas luxuosos, gastronomia internacional de qualidade e artesanato local da tradicional tribo Huichol completam o cenário paradisíaco. Em 2015, a Riviera Nayarit foi reconhecida pela Travel Weekly como O novo destino de férias na costa do Pacífico.
 Algumas dicas sobre Puerto Vallarta
Entre abril e junho, momento em que o clima ainda é agradável, as tarifas são baixas e há pouco turistas. Entretanto, de janeiro a março, é possível fazer excursões para observar as baleias jubartes e orcas, que rodeiam o mar do Pacífico. 
 Do Aeroporto Internacional Licenciado Gustavo Díaz Ordaz ao centro da cidade, são poucos quilômetros de distância. Os táxis são opções que podem não ser caras considerando sua comodidade. O serviço local utiliza veículos amarelos que podem levar o turista a praticamente qualquer parte da cidade. Em relação às taxas, elas variam de acordo com a distância percorrida. Os táxis do aeroporto são brancos e são os únicos que podem fazer o transporte a partir do aeroporto para o hotel ou para as zonas circundantes.
 Puerto Vallarta possui um clima tropical úmido, com águas quentes. No inverno, as temperaturas máximas são de 25ºC durante o dia e 20ºC à noite. No verão, os meses de junho a outubro são caracterizados pelas chuvas e a temperatura oscila de 27°C a 32°C. Já os meses de dezembro a fevereiro são marcados pela alta temporada, com clima quente e ensolarado. A primavera e o outono registram temperaturas moderadas, com mínima de 20ºC e máxima de 29ºC.
Vale muito a pena visitar a comunidade indígena de San Andrés Coamihata, lugar dos índios Wixárika, mais conhecidos como os índios Huichol. A remota aldeia da montanha representa uma grande volta no tempo e uma rica imersão cultural em antigas tradições. A crença é de que os Wixárika são descendentes diretos dos aztecas!
 
PRÊMIOS
A região vem se destacando entre os destinos turísticos mais requintados do planeta. Por este motivo, coleciona conceituados prêmios.
 TOP 4 entre os Melhores Destinos para as Férias na Primavera pela US News & World Reports (Janeiro de 2014)
TOP 2 na lista dos 10 Destinos do México pelo Traveler´sChoiceTripadvisor (2014)
TOP 4 entre os Melhores Destinos para as Férias de Primavera pela US News Travel (2015)
TOP 5 entre as Melhores Praias do México segundo a US News Travel (2015)
 
COMO CHEGAR A PUERTO VALLARTA:
Aeroméxico (www.aeromexico.com) e TAM mantêm sete voos semanais cada a partir de São Paulo, com destino à Cidade do México. Da capital mexicana parte uma série de voos diários rumo a Puerto Vallarta.
 

PACOTES
Para curtir esse esplendoroso destino, o pacote de sete noites, com valores em torno de US$ 1.470 na baixa temporada, inclui passagem aérea, hospedagem com sistema all inclusive, traslados e cartão assistência. Para mais informações, procure um agente de viagem e consulte as opções de roteiros com as seguintes operadoras:
ADV TOUR: (11) 2167-0633 / www.advtour.com.br
AGAXTUR: (11) 3067-0900 / www.agaxtur.com.br
FLOT VIAGENS: (11) 4504-4544 / www.flot.com.br
FLYTOUR: (11) 4004-0008 / www.flytour.com.br
MMT GAPNET: (11) 3124-6444 / www.mmtgapnet.com.br
NEW AGE: (11) 3120-3366 / www.newage.tur.br

Acesse www.visitpuertovallarta.com

 

 

 

 

Adicionar comentário

* Informação requerida
1000
Powered by Commentics

Comentários (0)

Ainda não há comentários. Seja o primeiro!

Já nas Bancas!

©1998-2014 - Todos os direitos reservados · NOIVAS&NOIVOS é uma publicação da McWill Editores Incorporados Ltda.